Dicas: Algumas dicas para a sua nutrição

DICAS DE NUTRIÇÃO

Em busca do corpo perfeito

Nos dias de hoje, a população recebe várias informações de dietas mirabolantes, mitos que muitas vezes são difíceis de ser desvendados devido a tantas informações de diversos meios de comunicação.

A verdade é que todos querem buscar uma boa forma sem deixar de abrir mão do ato social, em que ao longo dos anos, se transformou a alimentação.

O tempo é um fator que a maioria dos pacientes alega ao optar por uma "dieta da moda", o problema é que, na grande maioria, essas pessoas recuperam o dobro do peso que perderam, em pouco tempo.

Então o que fazer quando o fim do ano já chegou, as tradicionais festas e comidas calóricas são expostas aos nossos olhos? O certo é manter uma alimentação saudável e equilibrada durante todo o ano, praticar atividades físicas e não exagerar na hora das comemorações.

Mas se você não conseguiu cumprir esta tarefa, não se apavore, mantenha a calma, não deixe de curtir seu final de ano com moderação e siga uma alimentação balanceada sem se privar de suas preferências e deixando de lado os milagres que prometem por aí.

(Fernanda Uriarte - Nutricionista)

Andropausa é sinônimo de vida sedentária

Segundo pesquisadores estadunidenses a andropausa é causada pelo sedentarismo. Homens que fumam e bebem em excesso, ou estão com o peso acima do ideal, são os mais afetados pelas mudanças hormonais ocorridas durante o início da velhice.

Os sintomas são os mesmos da menopausa: calor súbito e intenso, falta de apetite sexual e depressão. Diabéticos, cardíacos e depressivos sofrem mais no envelhecimento, pois os níveis de testosterona ficam muito prejudicados.

Em recente conferência da Sociedade Britânica de Fertilidade, em Aberdeen, o professor John McKinlay, pesquisador do New England Research Institutes, em Watertown, Massachusetts, afirmou que a andropausa masculina é um mito para a indústria farmacêutica ganhar dinheiro, pois os homens não sofrem de uma queda hormonal como as mulheres de meia idade.

McKinlay mostrou os números de um estudo sobre envelhecimento masculino, que avaliou 1,5 mil homens. Segundo o cientista, os níveis de hormônios masculinos caem gradualmente cerca de 1% ao ano após a meia idade. E mais. Cerca de 5% dos homens apresentou sinais de hipogonadismo, uma perda clínica de hormônios que não está ligada ao envelhecimento.

Dicas